A infância é uma fase na qual a diversão nunca para. As crianças querem brincar, explorar o mundo ao redor e dar asas à imaginação. Porém, muitos pais ficam receosos de que, nos dias úteis e nos fins de semana, especialmente durante as férias, os pequenos não tenham brincadeiras para fazer dentro de casa e acabem entediados.

Por essa razão, reunimos 39 atividades para aproveitar o tempo livre do seu filho de uma maneira mais produtiva e lúdica e promover a socialização dele com amigos da escola e da família.

Além disso, em muitas delas, você pode participar ativamente, seja guiando ou jogando ao lado do menor para estreitar os laços fraternais. Ficou curioso e quer saber quais são as brincadeiras? Então acompanhe este post até o fim:

1. Lego

Para começar, não poderíamos deixar de citar o Lego como uma das brincadeiras para fazer dentro de casa. Afinal, a possibilidade de usos dessas pequenas peças é realmente diversificada.

O seu filho pode reproduzir carros, objetos, construções e muito mais. Basta encaixá-las. Além disso, essa é uma atividade que tem efeito positivo sobre o bem-estar, sobre o nível de concentração do pequeno e, é claro, sobre a criatividade.

Lego City – Escavadora – 60074 Lego City – Ilha da Prisão – 60130

 

2. Cabana

Que tal fazer uma cabana em casa? Ela pode funcionar como um forte, um foguete, um castelo de princesa…

Não importa: o que vale é a oportunidade de, ao lado do seu filho, criar, montar e decorar esse espaço especial, pois será uma ótima oportunidade para ambos passarem mais tempo juntos.

Para tanto, use lençóis, almofadas, colchonetes ou caixas de papelão pintadas que simulem o que a imaginação da criança desejar.

Barraca Patrulha Canina Toca Mágica Ball Júnior Rosa CX

3. Massinha

Para se divertir ou para passar o tempo, a massinha é uma alternativa para explorar a criatividade e para desenvolver as habilidades manuais das crianças.

Por isso, você pode oferecer ao seu filho modelos com cores diferentes e desafiá-lo a usar a imaginação para criar objetos a partir da modelação com os dedos.

Uma sugestão é estar ao lado dele durante todo o processo, incentivando-o e dando dicas sobre como aperfeiçoar a criação.

 

4. Pista de carrinho

Brincar com carrinhos de diversos cores, modelos e formatos é um hábito bastante comum na infância. Isso porque meninos e meninas se imaginam como pilotos de fórmula 1, em disputas cheias de emoção.

Por isso, use giz ou fitas adesivas para desenhar pistas no chão do corredor, da varanda ou mesmo do quarto do seu filho para que ele se divirta com corridas cheias de obstáculos com carrinhos com controle remoto.

Você ou um amiguinho, por exemplo, podem disputar o pódio com ele.

5. Plástico-bolha

Que tal usar o plástico-bolha como uma ótima fonte de diversão? Para isso, pegue o que tiver em casa ou compre alguns metros e cubra o piso de um cômodo da casa. Depois, você e o seu filho terão a “árdua” missão de estourar todas as pequenas bolhas com os pés.

Além de excelente para distrair e passar o tempo, essa atividade tem um efeito antiestresse benéfico tanto para adultos quanto para crianças.

6. Dança das cadeiras

Aproveite um sábado ou um domingo, convide os coleguinhas do seu filho e faça uma animada dança das cadeiras. Para isso, basta reunir alguns assentos dispostos em um círculo e dizer para as crianças andarem ao redor deles.

Feito isso, você controla a música e cada vez que pausá-la os pequenos devem se sentar. Aqueles sem cadeira perdem a vez, e a cada rodada o número delas diminui para tornar o jogo ainda mais desafiador.

7. Ursinho de pelúcia

Eles são muito mais do que apenas itens fofinhos de decoração. Os ursinhos de pelúcia permitem que as crianças, especialmente as mais novas, possam desenvolver o aspecto lúdico enquanto reproduzem cenas de filmes e de desenhos ou constroem fazendas e zoológicos.

8. Sylvanian Families

Os Sylvanian Families trazem a nostalgia da infância com brinquedos bem elaborados e ricos em detalhes para a diversão do seu filho. São bichinhos criados para explorar o aspecto lúdico das crianças em situações cotidianas, como uma visita a um supermercado ou a uma loja de roupas.

9. Boliche

Para brincar de boliche com o seu filho, você pode transformar garrafas vazias em pinos a serem derrubados. Coloque-as no final de um corredor e fique com o menor na outra ponta. Depois, é só tentar derrubar o maior número possível. Ganha aquele que fizer mais strikes.

10. Pular corda

Outra atividade que vai entreter o seu filho é pular corda por meio de séries ou de repetições. Afinal, ela pode ser feita tanto individualmente quanto em grupo e promove o aumento da coordenação motora e do equilíbrio. Além disso, é um exercício saudável para o corpo e para a mente do pequeno.

11. Amarelinha

Para brincar de amarelinha em casa, basta dar asas à imaginação e abusar da criatividade. Isso porque há 2 modos superdivertidos de fazê-la no seu lar.

O 1º é com a ajuda de fitas adesivas coloridas no chão. Já o 2º é pintando-a com tinta guache em um pedaço de papelão.

Feito isso, é só ficar no lado oposto ao céu e atirar o marcador no número no qual não se pode pisar. Ganha quem não errar a mira e tiver mais agilidade para pular sem pisar no local proibido.

12. Show com instrumentos musicais

Outra maneira de se divertir e explorar a criatividade do seu filho é por meio de um show com instrumentos musicais.

Vocês podem simular uma banda ou um concurso de apresentações, por exemplo, e ele demonstra toda a habilidade que possui cantando ou tocando tambor ou bateria.

Quem sabe ele ganha gosto pela música e demonstra a sua veia artística durante a brincadeira?

13. Adedanha

Adedanha é uma brincadeira que diverte pela sua simplicidade e pelo estímulo ao raciocínio lógico das crianças. Para realizá-la, basta ter papel e caneta ou um quadro-negro e giz.

Depois, é preciso escolher temas (como cores e frutas) e sortear uma letra. A partir disso, todos os participantes vão anotando as palavras que comecem com essa letra em cada uma das seções previamente escolhidas.

Ganha aquele que for mais rápido e conseguir registrar o maior número de itens.

14. Colorir

Brincar de colorir é, sem dúvidas, um dos passatempos que mais entretêm os pequenos. Afinal, eles podem tanto desenhar e acrescentar as cores que quiserem quanto utilizar livros, gravuras e até pôsteres com desenhos para pintar.

São diversas as possibilidades que permitem explorar o aspecto lúdico da infância e as habilidades artísticas do seu filho. Por isso, prepare um cantinho especial para ele colorir e o surpreenda com alternativas que o desafiem cada vez mais.

15. Esconde-esconde

Esconde-esconde não é apenas uma brincadeira bastante tradicional, mas também muito divertida. Parte disso se deve à sua dinâmica bastante simples, na qual seu filho deve se esconder e não ser encontrado.

Isso pode levar desde poucos segundos até mesmo longos minutos, dependendo do quão bom for o esconderijo. Para tornar a atividade ainda mais animada, vale a pena reunir todos os amiguinhos.

16. Jogo da memória

Outra das brincadeiras para fazer dentro de casa é o conhecido jogo da memória.

Nele, as crianças têm o desafio de encontrar as figuras semelhantes ao desvirar as peças que estão espalhadas à sua frente. Se acertar, o pequeno continua; se errar, passa a vez para o próximo.

17. Mímica

Brincar de mímica é diversão garantida. Seja apenas você e o seu filho ou 2 grupos formados entre ele e os amigos, a brincadeira entretém e estimula a criatividade e o raciocínio lógico das crianças de maneira constante.

Isso porque, apenas por meio de gestos, elas precisam fazer a sua equipe adivinhar qual é o nome daquilo que lhe foi designado a interpretar.

18. Telefone sem fio

O telefone sem fio é uma atividade simples e bastante divertida para se fazer com várias crianças. Reúna a garotada em filas e peça para o 1º dizer uma frase para quem está ao seu lado. Ao final, a meninada deve reproduzir a mensagem que escutou do coleguinha ao lado. Aquele que acertar mais vezes é o vencedor do jogo

19. Morto-vivo

Seu filho está com os amigos em casa? Então proponha a eles brincar de morto-vivo.

Você pode ser a voz que diz “morto” e “vivo” e monitora quais as crianças acertam ou não. À medida que os pequenos ficam melhores no jogo, você aumenta a velocidade com a qual intercala os 2 termos para ver quem consegue acompanhar o ritmo.

Ganha quem ficar por último.

20. Pintura

A pintura com tinta guache é uma das brincadeiras que não podem faltar nesta lista. Afinal, como são laváveis e atóxicas, as crianças podem sujar as mãos enquanto se divertem sem nenhum problema.

Aqui, as possibilidades são inúmeras: o seu filho pode pintar telas, papéis ou mesmo pedaços de papelão fixados no chão ou fazer desenhos enquanto está vedado para explorar outro sentido muito importante, o tato.

21. Carrinhos

Se você pensou que apenas os carrinhos de controle remoto podem fazer a alegria da garotada, está enganado! Isso porque há diversos modelos com cores, formatos e tamanhos distintos que remetem aos personagens de filmes, séries e desenhos que o seu filho assiste, como Carros, Toy Story, Scooby-Doo e Hot Wheels.

Além disso, há aqueles que vêm com complementos, como um lançador ou um posto de serviço. Por isso, vale a pena explorar todas essas opções na hora de brincar!

22. Patinete

Se você possui uma varanda, jardim ou quintal com bastante espaço, o patinete será uma ótima alternativa para o seu filho se entreter e se exercitar ao ar livre.

Porém, não se esqueça que o ideal é que o piso seja plano para que o brinquedo possa deslizar corretamente — além, é claro, de acrescentar a proteção necessária, como capacete e cotoveleiras.

23. Kit praia

As brincadeiras nos dias mais quentes do ano, especialmente nas férias que coincidem com o verão, combinam muito bem com um dia ao ar livre, não é verdade?

Portanto, nada melhor do que improvisar uma piscina no quintal e ter um “kit praia” em mãos para brincar com o filho e simular aventuras para se molhar e se refrescar.

Caso deseje, você pode fazer areia caseira com uma mistura de farinha e óleo para que ele possa usar os baldes e fazer castelos e outros monumentos.

24. Brinquedos da Patrulha Canina

A Patrulha Canina é um desenho que tem conquistado a cada dia mais e mais crianças pelas suas histórias lúdicas, cheias de aventura e, principalmente, pelo respeito aos animais e à natureza.

Portanto, nada melhor do que trazer o bom-humor e a fantasia dos personagens da animação como opção de brinquedos para as crianças. Afinal, há os veículos, as pelúcias, os bonecos dos cachorrinhos e muitos para garantir horas de entretenimento puro.

25. Corrida de 3 pernas

Em um final de semana, monte uma gincana com os amigos do seu filho no quintal ou no jardim de casa.

O desafio principal será a corrida de 3 pernas, na qual duplas têm uma das pernas amarradas, fazendo com que 2 crianças fiquem com “3 pernas”.

A partir disso, elas vão ter que demonstrar toda a agilidade, o equilíbrio e a desenvoltura para trabalhar em grupo e chegar 1º ao pódio.

26. Foguinho

Fora o método clássico de pular corda, há também o foguinho.

Aqui, 2 crianças giram a corda em torno de quem pula enquanto cantam a popular melodia Salada, Saladinha. Ao chegarem no refrão e pronunciarem a palavra “foguinho”, ambas agitam a corda com mais velocidade para que ela encoste no pé de quem está no meio.

Se isso acontece, ele cede o lugar para o próximo.

27. O mestre mandou

Ao reunir os amigos do seu filho em casa, proponhas que eles brinquem de o mestre mandou. O jogo é bem simples e consiste em encarregar uma criança de ser o mestre do grupo.

A partir disso, ela deve dar ordens aos demais, sempre com a mesma frase: “o mestre mandou…”. O ideal é que elas se tornem mais difíceis a cada roda para que os pequenos se sintam mais desafiados.

28. Siga o líder

Siga o líder é uma atividade similar à mímica e que pode ser realizada em qualquer lugar da casa. Você ocupa o papel do líder, por exemplo, e todos os seus movimentos devem ser seguidos pelo seu filho.

O jogo fica ainda mais animado quando os passos que você fizer exigirem uma maior coordenação e habilidade motora, pois isso desafiará o menor a dar o melhor em cada rodada.

29. Jogo da velha

O jogo da velha é uma brincadeira bastante tradicional e comumente feita em um pequeno pedaço de papel, não é mesmo?

Mas, para torná-lo mais divertida, você pode realizá-la em um pedaço de papelão com tinta guache ou no chão, com giz de cera. Vale usar bastante cor para marcar os símbolos X e O.

30. Brincar de academia

Você e a criança podem colocar uma música ambiente e realizar alguns exercícios simples em casa, como agachamento e alongamento dos membros.

Além disso, é totalmente possível (e recomendado!) explorar atividades como ioga e pilates, que são excelentes para melhorar a postura, fortalecer a musculatura e desenvolver o equilíbrio tanto em adultos quanto nos pequenos.

31. Caça ao tesouro

Preparado para incentivar a imaginação do seu filho e fazê-lo se sentir um pirata?

Prepare um baú no qual esconderá um tesouro — seja ele um brinquedo ou uma caixa de doces, por exemplo — e esconda-o em algum canto da sua residência. Uma vez feito isso, crie dicas e mapas que vão levar o pequeno a descobrir onde o tesouro está guardado.

Para deixar a brincadeira ainda mais divertida, você pode vestir a criança com fantasias de capitão, marujo, marinheiro etc.

32. Histórias em quadrinhos

Histórias em quadrinhos sempre levam a mente das crianças para um mundo de fantasia e de superpoderes. Por isso, escolha uma HQ que o seu filho gosta muito e dê vida às tramas.

Caso o quadrinho seja não apenas um super-herói, mas sim um grupo deles, vale a pena chamar os amiguinhos para se juntarem durante um fim de semana.

Para deixar a brincadeira ainda mais emocionante, não deixe de comprar a fantasia de cada personagem para que eles se caracterizem fielmente.

33. Fantoches

Uma alternativa lúdica que encanta a garotada é o uso de fantoches. Isso porque, além de se divertirem ao assistir à peça e dar boas gargalhadas com as histórias que serão contadas, você vai poder interagir a todo o momento com o seu filho.

Para isso, tudo o que você vai precisar é de 2 ou mais fantoches, montar um palco improvisado e, claro, fazer vozes engraçadas para cada personagem.

34. Labirintos

Brincar de labirinto é uma ótima maneira de se exercitar e de estimular a coordenação motora do seu filho. Para isso, você pode, com fita adesiva, grudar caixas de papelão e formar corredores que se conectam.

Em alguns deles, a saída precisa ser vedada — tal qual em um labirinto. Assim, o seu filho terá que descobrir qual é a passagem correta para o fim do desafio.

Para não abrir mão da segurança, o ideal é que o labirinto seja montado no quintal ou no jardim e a parte superior das caixas sejam abertas para a ventilação correta.

35. Pernas de pau

Uma brincadeira que também agrada as crianças de todas as idades são as pernas de pau. Isso porque elas precisam se equilibrar para não deslizar das superfícies nas quais estão pisando, o que sempre rende boas gargalhadas.

Para tornar a atividade 100% segura, você pode optar por latas ou por caixotes. Dessa maneira, o seu filho fica apenas a alguns centímetros do chão, mas ainda assim se diverte muito.

36. Coordenação

A coordenação é uma brincadeira que vai testar e estimular o equilíbrio do seu filho.

Por ser muito simples, você só precisará de uma tábua de 5 a 10 centímetros de espessura para que ele caminhe sobre ela — que pode ser colocada sobre um colchonete ou sobre um tapete felpudo.

Dessa maneira, o pequeno não vai se machucar caso se desequilibre.

37. Lojinha

Que tal montar uma miniloja em casa e ir às compras? Com essa brincadeira é possível.

Basta separar uma estante ou uma prateleira e acrescentar caixas e frascos vazios de produtos reais, como leite e cereais.

Feito isso, você e seu filho podem montar uma lista de compras e se divertirem juntos, simulando que estão em um mercado de verdade.

38. Bocha

Além das brincadeiras para fazer dentro de casa que já foram citadas, há outra que certamente vai fazer o tempo livre do seu filho ser muito mais divertido: a bocha.

A dinâmica da atividade é bem simples: você pode usar um corredor, por exemplo, e marcar diversos círculos em ordem crescente de tamanho no chão, seja com giz ou com fita crepe.

Depois disso, basta se posicionar com o pequeno o mais longe possível e tentar deslizar bolas até o menor círculo. Ganha quem tiver chegado mais próximo.

39. Passador de lã

Por fim, você pode reutilizar um escorredor de macarrão que está sem uso para entreter o seu filho. Isso porque, com essa peça, é possível incitá-lo a passar diversos fios de lã por cada fileira de buraquinhos do item de cozinha.

Quanto mais grossa for a lã, mais difícil será a brincadeira. E, para tornar a atividade ainda mais desafiante, você pode acrescentar um limite de tempo e fazer uma pequena competição entre os amiguinhos.

Gostou das sugestões de brincadeiras para fazer dentro de casa que reunimos ao longo deste post? Além de variadas, elas são excelentes para desenvolver e estimular a criatividade, o raciocínio lógico e o aspecto lúdico que são essenciais na infância. Por isso, não deixe de explorar cada uma delas com o seu filho!

E, se você quiser diversificar os brinquedos (para realizar não apenas as atividades que listamos acima, mas também muitas outras), não deixe de entrar em contato com a gente!